Tamanho do texto

Ao longo de quase três décadas de carreira, artista registrou centenas de capas de álbuns, shows, encontros memoráveis, grandes eventos e festivais.

Marcos Hermes lança o livro
Luca Hermes
Marcos Hermes lança o livro "Brasilerô"

Marcos Hermes, um dos principais nomes da cena fotográfica musical brasileira, lança o tão aguardado livro “Brasilerô”. A obra reúne imagens clássicas e inéditas de shows, ensaios e bastidores de astros consagrados e da cena independente, além de textos exclusivos escritos pelo jornalista Pedro Só, e dos artistas Sandy, Chico César, Andreas Kisser, Zeca Baleiro, Zé Ricardo e Chico Chico (que publica nessa obra o primeiro texto sobre sua mãe, Cássia Eller, uma das homenageadas no projeto).

Leia também: Guns N’ Roses lança versão luxuosa do primeiro disco “Appetite for Destruction”

 A trajetória de Marcos Hermes inclui mais de 650 capas de discos nacionais e internacionais, milhares de shows ao vivo e grandes eventos como Rock in Rio, Lollapalooza Brasil, SWU, BMW Jazz, Rio2C, JMJ, além de clássicos como o Free Jazz Festival e Hollywood Rock. Isso quer dizer que ele tem muita história para contar, e “Brasilerô” traz algumas delas em forma de imagens. “É difícil ter alguém que folheie o livro e não se identifique com uma foto, uma lembrança, um show que presenciou ou um disco que comprou”, comenta Hermes.

Leia também: Confira agora o novo clipe de Jason Mraz “Have It All”

 Ele também marcou presença em apresentações internacionais em solo brasileiro e colabora oficialmente nas turnês de Paul McCartney (já tendo produzido imagens em 19 projetos com o ex-Beatle), Rolling Stones, Radiohead, Bob Dylan, The Police, Amy Winehouse, Iron Maiden, Beyoncé, entre outras.

 Brasilerô” apresenta diversas conexões musicais, em diferentes polos artísticos, costurando visualmente artistas e cenas tão distantes, mas que sintetizam a alma da música brasileira contemporânea.

Momentos eternizados da música brasileira

  Na obra, o fotógrafo mostra como eternizou momentos únicos da música brasileira, e da vida de diversos artistas que cruzaram o seu caminho como Legião Urbana, Criolo, Tim Maia, Sepultura, Cássia Eller, Dorival Caymmi, Anitta, Sorriso Maroto, Pabllo Vittar, Ney Matogrosso, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Novos Baianos, Liniker, Moraes Moreira, Sandy & Júnior, O Rappa, Elza Soares, Marisa Monte e tantos outros.

Leia também:  Wanessa Camargo lança o clipe de "Mulher Gato"

Antes de trilhar esse caminho editorial, o fotográfo fez desse apanhado histórico uma exposição itinerante, que rodou algumas cidades do país – e o sucesso nacional apenas reforçou seu sonho de eternizar todo esse trabalho fazendo dele um livro ou, nas palavras do próprio autor, fazer uma “crônica visual”.

Como se não bastasse o simbolismo e o valor das fotos contidas nas páginas da obra, ela se torna ainda mais especial quando se coloca em perspectiva o fato de que apenas mil cópias foram impressas "É para aqueles poucos e bons que têm sensibilidade suficiente para entender (e sentir!) a singularidade do projeto", declarou Marcos Hermes .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.