Tamanho do texto

O bar Stonewall Inn foi onde motins iniciaram o movimento LGBT

A Rainha do Pop Madonna fez uma aparição para comemorar os 50 anos do bar Stonewall Inn, em Nova Iorque. O motivo de uma presença tão importante para a comemoração é ainda mais importante: o bar foi onde o movimento LGBT teve início na década de 1960.

Leia também: Confira 13 sucessos musicais que completarão 20 anos em 2019

Madonna antes da apresentação no Stonewall Inn
Instagram
Madonna antes da apresentação no Stonewall Inn


Madonna iniciou o show com "Like a Prayer", uma de suas músicas mais famosas. Ela estava apenas na companhia de seu filho, David Banda, de 13 anos, que tocava violão enquanto a mãe cantava. 


Entre diversas declarações emocionantes, ela perguntou "se realmente nos dermos um tempo para nos conhecermos, descobriremos que todos nós sangramos da mesma cor e todos precisamos amar e ser amados. Vamos nos lembrar quem e o é essa luta – nós mesmos, um pelo outro, mas, verdadeiramente e ainda mais importante, pelo que estamos lutando?"

Leia também: Billboard divulga lista de artistas latinos mais quentes do ano

"Vamos levar um minuto para refletir sobre como podemos levar mais amor e paz para 2019, vamos ver como podemos fazer atos aleatórios de bondade. Talvez possamos encontrar uma abertura para levar luz. Você está pronto para fazer isso?", completou. 

Confira um trecho da apresentação da cantora:

Leia também: Stevie Nicks quebra recorde ao entrar pela segunda vez no Hall da Fama

Ainda sobre a apresentação,  Madonna se diz orgulhosa de ter passado a virada de ano em um local onde o movimento LGBT começou. "Nos reunimos hoje à noite para celebrar 50 anos de revolução. Nunca vamos nos esquecer dos motins de Stonewall e daqueles que se levantaram e disseram: ‘Basta’. Meio século depois, Stonewall se tornou um momento decisivo e um ponto crítico na história", finalizou. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas